Por aí: Lapa - PR

Oi Pessoal!

Essa semana foi bem corrida, por isso não deu pra postar muito aqui, mas tô tentando melhorar, juro! Não me abandonem!!!! 😁


Esse ano eu já tive a oportunidade de conhecer três lugares diferentes. Um já falei aqui, que foi Inhotim, em Minas Gerais. O segundo, foi a cidade de Lapa, que fica no Paraná, próxima a Curitiba.

Minha irmã foi morar lá, então fomos visitá-la e claro, aproveitamos pra conhecer o local. Primeiro tenho que dizer que, ô lugar frio! Muito! Impossível colocar um short ou ficar só de blusinha. E isso foi em Abril, imagina agora! Tadinha da sis...

A cidade é bem pequena, tem mais de 47 mil habitantes e foi fundada em 13 de junho de 1769, ou seja, tem 248 anos de existência.

A história da cidade é bem legal e você pode conhecê-la visitando o Centro Histórico, que é muito bonito. O certo é você começar o tour pela Central de Informações, que fica na Praça General Carneiro. Mas, como não sabíamos disso, começamos pelo Museu de Armas. A propriedade foi inaugurada em 1868 como Câmara Municipal e Cadeia da cidade. Alguns anos depois, o prédio se tornou a Escola Normal. Em 1981 o edifício foi tombado pelo IPHAN e o pavimento superior voltou a abrigar a Câmara Municipal. No pavimento inferior está o Museu de Armas, com armas usadas na Revolução Federalista, na Primeira e Segunda Guerras e fotos e objetos de época.


Próximo dali, está a Casa da Memória ou Casa dos Cavalinhos. Ela foi construída em 1888, por um Caixeiro Viajante que sonhou com cavalos alados e logo depois jogou na loteria e ganhou o prêmio máximo. Após isso construiu a casa com cavalos na fachada e pôde se casar com sua amada. Lá você conhece a história toda da casa e também pode ver algumas fotos e documentos históricos da cidade.


Saindo dali, você logo avista o Panteon dos Heróis, que foi construído em 1944 e abriga os restos mortais de heróis de guerra e de pessoas que lutaram na Revolução Federalista de 1894. O local é bem bonito, tem um jardim lindo na frente e dois canhões, um de cada lado.




Em frente ao Panteon, está a Casa Lacerda. Nela, morou o Coronel Joaquim de Rezende Correia Lacerda e sua família. Ele foi braço direito do General Carneiro e um dos principais personagens do Cerco da Lapa. A casa foi construída em 1842 e lá você vai ver objetos e móveis usados pela família naquela época. A primeira sala da casa é o cômodo mais importante, onde foi assinado o termo de rendição da cidade entre Maragatos e Pica-paus. Nos fundos da casa tem um jardim lindo. Não deixe de ir até lá. Esse foi um dos lugares que eu mais gostei.





Andando mais um pouquinho, você estará na Praça General Carneiro, onde além da Central de Informações que eu mencionei acima, também fica a Igreja Matriz de Santo Antônio. Como já estava tarde e a Igreja fechada, não entramos.


Passando dali, fomos ao Teatro São João. Um teatro super bonito, todo em madeira, que reúne três estilos, italiano, neoclássico e elisabetano. Em 1880, recebeu a ilustre visita de D. Pedro II e sua comitiva. O teatro funciona como Centro Cultural.


Ao lado do teatro, está o Museu Histórico. Ali tem gravuras e objetos da guerra na Lapa e uma das salas reconstitui o leito de morte do General Carneiro.



O prédio é bem bonito, super bem cuidado, como todos os outros no Centro Histórico. Achei a cidade bem cuidada, bem arborizada, bem limpa e tranquila. 


Ainda faltaram visitar dois pontos que são bem conhecidos na cidade, o Santuário de São Benedito e o Parque Estadual do Monge. Vão ficar para uma próxima visita, quem sabe?

Gostaram de conhecer a Lapa comigo? Alguém já esteve lá? Me conta aí!

Beijinhos!!! 💋💋

Compartilhe:

JOIN CONVERSATION

2 comentários:

  1. Adorei! Pelo que dá pra perceber é uma cidade linda, e eu amo esses prédios com ar mais antigo e com os detalhes em branco. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elô! Apesar de bem pequena, a cidade é bem bonitinha sim. Vale a pena fazer um passeio lá! Beijinhos!

      Excluir

Gostou? Deixe aqui seu comentário!